A BIBLIOCOOP

Cooperativa de Trabalho caracteriza-se por uma sociedade constituída por trabalhadores para o exercício de suas atividades laborativas técnicas e profissionais com proveito comum, autonomia e autogestão para obterem melhor qualificação, renda, situação socioeconômica e condições gerais de trabalho.

É pessoa jurídica definida como associação de pessoas com interesse comum, economicamente organizada de forma democrática, isto é, contando com a participação livre de todos e respeitando direitos e deveres de cada um de seus cooperados, aos quais presta serviços, sem fins lucrativos.

A Cooperativa de Trabalho Nacional dos Bibliotecários e Profissionais da Informação, também designada pela sigla BIBLIOCOOP, Foi fundada em 22 de março de 2014 e registrada na OCB – AL (Organização de Cooperativas Brasileiras no Estado de Alagoas) e Junta Comercial com o CNPJ de Nº 20.600.240/0001-34 no dia 09 de julho de 2014, por tempo indeterminado, com sede e foro no município de Maceió, Estado de Alagoas, Av Tomaz Espíndola, Centro Comercial Farol, nº 326, Maceió - AL, CEP: 57051-000


MISSÃO – Prestar serviços de excelência na gestão do conhecimento e da informação, organizando fluxos e processos, valorizando a cultura e o desenvolvimento sustentável.


VISÃO – Ser referência no mercado regional até 2020 através dos serviços de gestão da informação e do conhecimento, oferecidos com qualidade e confiabilidade. 

VALORES - Proveito comum, desenvolvimento dos profissionais, democracia, liberdade e respeito, promoção da cultura e desenvolvimento sustentável.


Poderão associar-se à cooperativa, salvo se houver impossibilidade técnica de prestação de serviços, quaisquer profissionais autônomos – Bibliotecários, Auxiliares de Biblioteca, Arquivistas, Paleontólogos, Técnicos de Informática, Profissionais da Ciência da Computação, Museólogos, enfim, todos os profissionais da grande área da informação – que se dediquem à atividade objeto da entidade e preencherem os pré-requisitos definidos no Regimento Interno, sem prejudicar os interesses da cooperativa, nem com eles colidir.




0 comentários:

Postar um comentário