26 julho 2017

Inauguração do Laboratório de Restauração

O governo do Estado, por meio do seu Arquivo Público, inaugurou nesta terça-feira (25), o primeiro laboratório de Alagoas, que é um dos pioneiros do Nordeste, como foi bem enfatizado na AgênciaAlagoas, a contar com equipamentos modernos que permitem a restauração de documentos, monitoramento de ambiente e desinfestação dos acervos.

A Bibliocoop perguntou a superintendente do Arquivo Público de Alagoas (APA), Wilma Nóbrega, o que representa para Alagoas, ter um laboratório de restauração como referência para o Nordeste. Ela respondeu que... “É muito gratificante termos um laboratório de restauração, sermos os pioneiros a dispor e a disponibilizar um laboratório de conservação e restauro é muito importante. Primeiro como o reconhecimento do governo, da importância de se preservar o acervo histórico. Nós bibliotecários sabemos da luta que é o nosso trabalho, na luta de manter a memória preservada. Então, sermos os pioneiros a executar as 3 etapas que são: preservação, conservação e restauro, foi um passo superimportante do nosso Estado.

"Eu acredito também que é muito importante para motivar outros setores a repensarem as condições de seus acervos. Não que necessariamente seja um laboratório completo com restauração, mas que pelo menos seja de preservação e conservação", continuou Wilma.

Quero agradecer o apoio da sociedade. A sociedade é muito importante nesse processo. Por isso que temos sempre divulgado que, um arquivo, uma biblioteca, são espaços que precisam disponibilizar uma área para cuidar do seu acervo, para mantê-lo sempre preservado da ação do homem, da ação do tempo e principalmente conscientizar as autoridades da importância de se ter equipamentos para esse fim”, finalizou a superintendente.

A Bibliocoop também perguntou a Dalmariz Pugliesi, que muito orgulha a Cooperativa, pois faz parte do quadro de diretores, o que implica na prática, para ela como técnica em conservação e restauro, a implantação de um laboratório de restauração com equipamento diferenciado.  Dalmariz respondeu que “implica na salvaguarda dos documentos para as próximas gerações”.

O evento contou ainda com a presença do Diretor da Casa do Penedo, o Juiz Claudemiro Avelino de Souza, entre outros prestigiadores penedenses. 

4 comentários:

  1. Que maravilha!
    Fico muito feliz em saber que já possuímos um laboratório para restauração de livros e documentos.
    A Dalmariz é ótima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por seu comentário! A Dalmariz é mesmo uma excelente profissional!

      Excluir
  2. PARABÉNS A BIBLIOCOOP PELO APOIO E PELO EXCELENTE TRABALHO DESENVOLVIDO NO ESTADO DE ALAGOAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós te agradecemos muito, não só pela entrevista, mas também por acreditar em nosso trabalho. Obrigada pela visita e volte sempre!

      Excluir