COOPERA E TROCA

Feira de Troca de Livros como incentivo à Leitura - Dia C do Cooperativismo - Piranhas/AL

Dia C do Cooperativismo 2017

Conta aqui... Conta acolá! Contoção de histórias com Cordel

Apresentação no CEST

Grupo Conta aqui... Conta acolá! Contação de Histórias no Centro Educacional Santa Teresinha

Contação de Histórias

Conta aqui... Conta acolá! 8ª Bienal do Livro - Maceió/AL

Corrida do Cooperativismo

" Coopera e Troca - Feira de Troca de Livros na 7ª Corrida do Cooperativismos

01 novembro 2016

Conta aqui, conta acolá... Em ação!


O Sistema OCB/AL desenvolve ações de saúde, capacitações e assistências profissionais,  para beneficiar cooperados, colaboradores e familiares, tendo como  objetivo, impulsionar a qualidade de vida na região onde as cooperativas regularizadas estão inseridas. Todos esses serviços são prestados de forma gratuita.

A Cooperativa de Enfermagem de Alagoas COOPEAL, participou das ações de saúde no último dia 29 de outubro, oferecendo serviços como: atendimento médico, atendimento odontológico e de enfermagem.             

No intuito de oferecer entretenimento aos pequenos que compareceram juntamente com seus familiares à sede da   OCB/AL, Marivá Pereira, gerente de capacitação do Sescoop/AL, convidou o grupo "Conta   aqui, conta acolá" da Bibliocoop, para participar dessa ação.
Mais uma vez, o grupo levou muita alegria e encantamento para as crianças, através das cooperadas Eliana Gomes e da Psicopedagoga Sineide Araújo, com contações de histórias e pintura a dedo. Teve também o momento de aprender a preparar massinha de modelar caseira, apesar de o número de crianças ter sido menor que o esperado, eles fizeram a festa. Que venham mais convites como este!

26 setembro 2016

Auxiliar de Biblioteca - Preparatório



´
No último sábado 24 de setembro de 2016, iniciou-se o Curso Preparatório para Auxiliar de Biblioteca. O Cursinho foi idealizado pela Associação Alagoana dos Profissionais em Biblioteconomia (AAPB) e da Cooperativa de Trabalho Nacional dos Bibliotecários e Profissionais da Informação (BIBLIOCOOP), para suprir a carência de cursos preparatórios na área de Biblioteconomia na cidade de Maceió.

As aulas acontecerão sempre aos sábados, até o dia 15 de outubro, na sede da AAPB & BIBLIOCOOP, na cidade de Maceió/Alagoas. O conteúdo programático das aulas, está em consonância com o Edital nº 060-2016 para Técnico-Administrativo do Instituto Federal de Alagoas - IFAL e conta com um Caderno de Questões que contém 100 questões de provas, tanto da Banca Organizadora da Comissão Permanente do Vestibular (COPEVE), quanto dos demais Institutos Federais espalhados pelo Brasil.

Olha como a turma está concentrada, próximo sábado tem mais!

31 agosto 2016

29 julho 2016

6ª Corrida do Cooperativismo




A Cooperativa de Crédito (Juriscred) promove a 6ª edição da Corrida do Cooperativismo, que acontecerá no dia 9 de outubro, na Praia da Pajuçara, a prova reunirá até 1500 atletas nas modalidades caminhada 5km, corrida 5 e 10km, e a categoria kids(de 5 a 13 anos). 

A programação ainda inclui aula de zumba, de alongamento, entrega de lanche, de água e tendas expositoras dos trabalhos das cooperativas alagoanas de diversos ramos como Agropecuário, Saúde, Crédito e Trabalho.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas através do site <www.corridadocooperatismo.com.br> Antes da prova, os participantes receberão kit com mochila, camiseta em poliamida, número de identificação personalizado e chip retornável. Os valores para não cooperados da Juriscred: Para o público jovem e adulto o valor é de R$ 50,00 (cinquenta reais)  Para o publico infantil e de R$ 25,00 (vinte e cinco reais)

Todos os inscritos receberão medalha de participação e haverá premiação para os três primeiros colocados nas categorias geral e cooperado, masculino e feminino. Também haverá entrega de troféus para os três primeiros colocados por faixa etária, inscritos na prova de 10km.

06 julho 2016

CooperAtividade




A Bibliocoop está realizando hoje 06/07/2015 e amanhã 07/07, uma Oficina de Contação de Histórias para o corpo docente do Colégio São Lucas, tendo por facilitadoras a cooperada Eliana Gomes e a colaboradora Sineide Araújo.

Em comemoração aos 151 anos da Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos (BPE) localizada no centro da cidade de Maceió, na tarde de hoje 06 de julho de 2015, a Bibliocoop realizou outra Oficina de Contação de Histórias, dessa vez o público alvo foram os usuários e público em geral da Biblioteca, a facilitadora/colaboradora foi Ticiane Simões.

A participação da Bibliocoop nos festejos da BPE não parou por aí, a cooperada e membro da diretoria, Dalmariz Pugliesi foi facilitadora da Oficina de Restauro. 
A oficina ensina a prática de pequenos reparos em livros danificados pelo uso contínuo e até mesmo pelo mau uso por partes de usuários que não foram instruídos sobre o manuseio correto das obras do acervo.

03 julho 2016

Cooperativismo na Praça





Ontem, 02 de julho de 2016 o SESCOOP-OCB/AL realizou o Dia de Cooperar 2016, na Praça Nossa Senhora de Fátima, no Feitosa, em Maceió. Promovendo a socialização entre as crianças através do incentivando a leitura, a Bibliocoop levou a Contação de Historinhas Infantis para a praça . Após ouvirem a contação de histórias da colaboradora, Ticiane Simões, Alisson Rodrigo e Thaynara Conceição, ambos estudantes com 13 anos de idade, e Ana Vitória, 10 anos, falaram sobre a oportunidade de conhecer novas histórias: "Ouvimos as aventuras de Luizinho no Mar. Achamos bom e vamos contar para nossos amigos da escola e em casa, como sugeriu a voluntária da Bibliocoop", afirmaram os pequenos.

Crédito da foto: Itawi Albuquerque
Para estimular a criatividade e a consciência ambiental do público adulto, a  Bibliocoop realizou oficina de porta objetos, popularmente chamado de "porta trecos". Para essa oficina, a instrutora, Janaína Tenório, informou que foram utilizados matérias recicláveis e de fácil acesso, como tamém listou todos eles: tecidos de algodão, caixas de sapato, fitas crepe, cola branca, pincéis e tesouras. Uma das participantes da oficina, Tatiana Feitosa de 26 anos, é professora de histórias bíblicas de uma igreja evangélica e aproveitou o momento para aprender e com muita satisfação comentou: "Adoro levar novidades aos meus alunos. Antes eu não sabia fazer, agora utilizarei vários como lembrancinhas para os meus pequenos".

15 junho 2016

Bibliotecário-Documentalista: preparatório para concurso do IFAL



A Cooperativa de Trabalho Nacional dos Bibliotecários e Profissionais da Informação (Bibliocoop), em cooperação com a Associação Alagoana dos Profissionais em Biblioteconomia (AAPB), está com 25 vagas abertas (turma única) para o Curso Preparatório para o cargo de Bibliotecário-Documentalista, com foco no Concurso do IFAL 2016. Apenas para a disciplina em Conhecimentos Específicos.

Serão facilitadores desse Curso, as Professoras Doutoras: Nelma Araújo e Virgínia Alves (UFAL-Maceió) e o Mestre Zayr Cláudio.
Profissionais: Kassandra Kallyna (UFAL-Palmeira dos Índios), Mestra Cida Silva (IFAL Satuba), Especialista Monick Gomes (IFAL Maceió),  Sâmela Brito (Ufal Delmiro Gouveia) e a Especialista Katianne Lima (Ufal-Maceió).

O preparatório terá início no dia 09 de julho e se estenderá até 16 de outubro, somente aos sábados, no horário de 8h às 12h. O Curso acontecerá na sede da Bibliocoop, sediada à Av.Tomás Espíndola, 326, Farol, Centro Comercial Farol, Sala 203, Maceió - Alagoas.

O investimento é de R$ 400,00 com material incluso. Quem pagar à vista terá 10% de desconto. Para pagamento no cartão, parcelamos em até 3 vezes. Para cooperados e associados o desconto é de 20% à vista. Se optar por pagamento via depósito, os dados da conta são:

Favorecido: Cooperativa de Trabalho Nacional dos Bibliotecários e Profissionais da Informação
Banco do Brasil
Agência: 3179-8
Conta Corrente: 39427-0

Preencha a FICHA DE INSCRIÇÃO e garanta a sua vaga.

11 junho 2016

Técnico em Arquivo - Preparatório UFAL 2016


A Cooperativa de Trabalho Nacional dos Bibliotecários e Profissionais da Informação (Bibliocoop) está com 25 vagas abertas (turma única) para o Curso Preparatório de Técnico em Arquivo com foco no Concurso da UFAL 2016

O Facilitador do Curso será o Arquivista da UFAL, Josias Lima. O preparatório terá início no dia 09 de julho e se estenderá aos dias 16, 23 e 30. No mês de agosto serão nos dias 6 e 13. No horário das 13 às 18h.

O Curso acontecerá na sede da Bibliocoop, sediada à Av.Tomás Espíndola, 326, Farol, Centro Comercial Farol, Sala 203, Maceió - Alagoas.

O investimento é de R$ 200,00 com material incluso. Quem pagar à vista terá 10% de desconto. Para pagamento no cartão, parcelamos em até 3 vezes.

Se optar por pagamento via depósito, os dados da conta são:

Favorecido: Cooperativa de Trabalho Nacional dos Bibliotecários e Profissionais da Informação
Banco do Brasil
Agência: 3179-8
Conta Corrente: 39427-0


Preencha a FICHA DE INSCRIÇÃO e garanta a sua vaga.

07 maio 2016

Cooperativismo Entre Mães


Fonte: Mãezíssima


Um grupo de 5 mães de Curitiba, se uniram para cuidar de seus filhos em cooperação. Assim surgiu o Mãezíssima, uma cooperativa informal de mães. Elas também têm um site que produz conteúdo de qualidade para famílias com bebês e crianças pequenas. "Idealizadora, editora, coordenadora de projetos, o famoso faz tudo, da Mãezíssima. Sou jornalista de formação, com pós graduação em jornalismo literário o que me deu uma percepção humanizada para as histórias e acontecimentos das pessoas. Escritora reconhecida pelo Prêmio Vladimir Herzog pelo livro-reportagem Surto" (Grace I. Barbosa).

Trecho de uma entrevista com  a idealizadora do Mãezíssima: TSMM: Diante da sua experiência, qual conselho você daria para um grupo de mães interessadas em começar uma cooperativa? 
Grace: Comecem com coragem, com coração aberto e amor pelas crianças. Todo o resto se resolve. O esforço vale a pena. 

Acesse o link do site "Tudo Sobre Minha Mãe" e veja a entrevista completa da Grace, explicando como funciona o projeto que foi idealizado por ela em 2013.

22 abril 2016

Dia Nacional do Livro Infantil



Em comemoração ao Dia Nacional do Livro Infantil, que ocorreu no último dia 18 de abril, a BIBLIOCOOP foi convidada pela Cooperativa Educacional de Maceió (COOPEMA), que é mantenedora do Colégio São Lucas, no bairro Stella Maris, a proporcionar um dia (manhã e tarde) de contação de histórias. 
As contadoras Eliana Gomes de Oliveira (cooperada), Ticiane Simões e Andressa (colaboradoras), encantaram as crianças com brincadeiras e muita diversão. "Achei excelente, gostei muito do grupo de contação de histórias" Afirmou a Professora Márcia Lucena, do Conselho de Administração da Coopema.
Alunos entre 2 (dois) e 10 (dez) anos interagiram com as historinhas e em muitos momentos se caracterizaram, o que fez com que elas aproveitassem da melhor forma o aprendizado. Ao final a turminha ainda participou de uma oficina de chocalhos fabricados com garrafas pet.
Queremos agradecer pela oportunidade ao Representante da COOPEMA, Sr. Flávio Feijó, a quem tivemos o prazer de conhecer na Assembleia Geral da SESCOOP/AL.

01 abril 2016

I FIEB - Forum de Inovação e Empreededorismo na Biblioteconomia




O 1º FORUM DE INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO NA BIBLIOTECONOMIA (I FIEB), foi planejado por bibliotecários de norte a sul do país  e ocorrerá na cidade de São Paulo em agosto de 2016. O evento de âmbito nacional foi criado para reunir profissionais com o desejo de compartilhar experiências sobre inovação e empreendedorismo na Biblioteconomia, oportunizando aprendizagem, boas práticas e compartilhamento, o que é essencial para a disseminação das ideias.
O evento tem como tema: "Ações inovadoras nos múltiplos campos de atuação profissional". O público alvo além de Bibliotecários, estudantes de graduação, é também para os demais profissionais interessados no tema.

O início das inscrições ainda serão divulgadas, fiquem ligados . Serão apenas 120 vagas, considerando a capacidade do local de realização do evento.

O FIEB 2016 será realizado na Biblioteca Pública de São Paulo que está localizada na Av. Cruzeiro do Sul, 2.630, Santana, Parque da Juventude, São Paulo/SP, CEP 02030-100 (ao lado da Estação Carandiru do Metrô) Fone: (11) 2089-0800.

Saiba mais nas redes sociais:
Twitter:  @fieb2016
Facebook: https://www.facebook.com/fieb2016/timeline

Fonte: http://fieb2016.wix.com/fieb2016

12 março 2016

Comemoração e Cooperação




Hoje, parabenizamos todos os bibliotecários, que através de lutas contínuas, almejam patamares de valorização muito além de uma boa remuneração. Em evento realizado no auditório da Biblioteca Central (BC), no Campus A.C. Simões, em Maceió, na última quarta-feira dia 9 de março, a  Cooperativa de Trabalho Nacional dos Bibliotecários e Profissionais da Informação (BIBLIOCOOP), participou da solenidade de abertura "Biblioteconomia: conquistas e metas".

A presidente Marta Pimentel teve a oportunidade de explanar para a plateia presente, como funciona a Cooperativa de Bibliotecários. Ela ressaltou que ficou maravilhada com a participação dos estudantes. "Foi muito gratificante vê o interesse dos futuros profissionais, ávidos por conhecimento, prestigiando nosso dia". Comentou Marta. A abertura contou também com os participantes da Associação Alagoana de Profissionais em Biblioteconomia (AAPB), Sindicato dos Bibliotecários do Estado de Alagoas (SINBIBLIO) e do Conselho Regional de Biblioteconomia (CRB).

O curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), encerrou a comemoração alusiva ao Dia do Bibliotecário, 12 de março, com a palestra "Ética no Contexto da Biblioteconomia e Ciência de Informação", ministrada pela professora Nelma Camelo.
Agradecemos a Coordenadora do curso, Professora Adriana Lourenço, pela oportunidade de divulgação da nossa Cooperativa de Trabalho, que muito nos elogiou pela iniciativa de valorização da profissão, como também, ao Sindicato e a Associação, por aceitarem unir-se conosco, abrilhantando ainda mais o evento.

06 março 2016

Sugestão de Leitura - Parte 3

(YOUNG, 2012)





Sociedades Cooperativas - Resumo Prático

Este livro estuda a tributação das sociedades cooperativas sob o prisma da SRF, elucidando o tema através das soluções de consultas feitas a ela; apresenta a legislação e jurisprudência correspondentes. Estabelece igualmente conceitos, características, instrumentos constitutivos, aspectos tributários, especificando a tributação pelo lucro real e presumido, e, por fim, põe à disposição a legislação contábil, referente às sociedades cooperativas. 

A obra, elaborada de forma didática e elucidativa, destina-se a advogados, contadores, consultores e demais interessados na área.

Sugestão de Leitura - Parte 1

(CARVALHO, 2011)

O Cooperativismo Sob a Ótica da Gestão Estratégica Global

As cooperativas são formas de organização com grandepotencial e possibilidade para gerar mudança econômica e social. Diante das dificuldades do cenário econômico, as Cooperativas se tornaram uma forma deorganizar e valorizar diferentes setores dentro da economia que, uma vez autorizados a funcionar como instituições financeiras, fazem frente à instabilidade econômica, promovendo o bem-estar das pessoas.

Este livro tem como objetivo avaliar o modelo de gestão estratégica vigente em algumas Cooperativas, propondo a introdução de estratégias competitivas de desenvolvimento organizacional. Aborda ainda a origem e o desenvolvimento do cooperativismo, algumas formas de gestão com enfoque no planejamento estratégico. 

Tendências mundiais mostram nitidamente que, muito embora o segmento cooperativista constitua um dos setores que mais se desenvolveram nos últimos tempos, esse sistema ainda deve solucionar problemas de formulação estratégica e posicionamento organizacional, visando sobreviver e se desenvolver em um mercado financeiro segmentado, exigente e cada vez mais competitivo. 

Neste livro, são apresentadas reflexões sobre o contexto da formulação e implementação estratégica em Cooperativas e seusimpactos.

Fonte: Editora Baraúna

Sugestões de Leitura - Parte 2

(SILVA, 2013)
Cooperativas de Trabalho, Terceirização de Serviços e Direito do Trabalho

Este estudo doutrinário aborda, de maneira didática e inovadora, o fenômeno da terceirização trabalhista por meio de sociedades cooperativas de trabalho, bem como os efeitos jurídicos de natureza constitucional, trabalhista, civil e cooperativa correspondentes.

Trata-se da obra mais atualizada e bem fundamentada sobre o tema da terceirização através de cooperativas de trabalho. A nova lei das cooperativas de trabalho (Lei n. 12.690/12) inovou as ordens jurídicas - trabalhista e cooperativa, promovendo verdadeira revolução de conceitos, de direitos e a identificação de novos princípios normativos aplicáveis à matéria. 

A pesquisa do autor aprofundou, de maneira sólida, o estudo da terceirização em suas diversas modalidades. Para tanto, foram buscados subsídios teóricos e jurisprudenciais nos institutos de Direito Constitucional, do Trabalho, Cooperativo, Civil e Empresarial. 

Como consequência, avulta uma análise jurídica sólida, sistematizada, dialética, inovadora e atualizada do problema da legalidade dos procedimentos de terceirização trabalhista por meio de sociedades cooperativas de trabalho.

Fonte: LTr Editora

02 março 2016

Cooperativismos como base curricular



Fonte: http://barrabase.com.br


O cooperativismo está com uma grande oportunidade em mãos. O Ministério da Educação (MEC) prorrogou até o dia 15/3 a consulta pública do texto preliminar da Base Nacional Comum (BNC). O documento trata dos conhecimentos essenciais que devem ser transmitidos aos estudantes brasileiros durante sua trajetória na Educação Básica, ano a ano, desde o ingresso na creche até o final do Ensino Médio. E essa é uma grande chance para que o cooperativismo seja incluído como parte do conteúdo a ser trabalhado nas salas de aula de todas as escolas públicas do país.
O documento será elaborado de forma participativa e a contribuição do movimento cooperativista é fundamental para que a doutrina cooperativista seja incorporada às disciplinas que compõem a BNC. 
E, com o objetivo de auxiliar, o Sistema OCB elaborou um documento com o passo-a-passo e sugestões de propostas que podem ser inseridas. Para acessá-lo e para ver todo o conteúdo dessa postagem siga o link <http://www.ocb-al.coop.br/noticias/2203/2016/03/02/cooperativismo-podera-integrar-a-base-curricular-das-escolas-publicas-do-pais>.

23 fevereiro 2016

Ao Dia do Bibliotecário


20 janeiro 2016

Importância do SINBIBLIO/AL





A criação do Sindicato dos Bibliotecários de Alagoas (SINBIBLIO/AL) idealizado pela Bibliotecária Almiracy Dantas, é um marco na luta por melhores condições de trabalho. Assim, o SINBIBLIO/AL, vem corroborar com a nossa atuação no mercado de trabalho.Para que nossa classe se fortaleça, é preciso que haja adesão ao sindicalismo.
Expomos a baixo, um pouco sobre o que seja um sindicato de um modo geral, seguindo a Cartilha sobre o movimento sindicalista, a qual você poderá ter acesso no blog do SINBIBLIO/AL, para fazer download.
Segundo os sociólogos e ativistas sociais ingleses Beatrice e Sidney Webb, o significado de Sindicato e a “união estável de trabalhadores e trabalhadoras para a defesa de seus interesses e implementação da melhoria de condições de vida".

De acordo com a Cartilha as principais ações de um  sindicato são:

a) organizar, representar e defender os direitos e interesses dos trabalhadores da categoria profissional, inclusive como substituto processual;
b) negociar ou promover a contratação coletiva, podendo, para tanto, realizar movimentos paredistas (greve) na hipótese de recusa patronal;
c) formar para a cidadania, que consiste em promover cursos, seminários, simpósios, congressos e mobilizações para desenvolver o senso crítico dos trabalhadores;
d) lutar por justiça social, o que pressupõe participar e influenciar as decisões e processos políticos para que haja equidade na distribuição da riqueza, com garantia de dignidade ao trabalhador durante sua vida laboral e na aposentadoria.

O sindicato nasceu da união dos trabalhadores para somar forças no combate à superexploração e na reivindicação de emprego, salário, condições de trabalhos salubres, além de combater a mais-valia. Portanto se o trabalhador se organizar em sindicato, o mesmo será representado por uma entidade e não terá que se expor isolada ou individualmente no enfrentamento ao patrão. A luta passa a ser coletiva (DIAP, 2013).